FAKE NEWS: assassino do XXXTentacion não foi estuprado na cadeia

No dia 18 de junho, o mundo da música foi abalado com a morte do XXXTentacion, que ao sair de concessionária de motos na Flórida foi abordado por criminosos, sendo baleado após luta corporal, atingido no pescoço, e morrendo subitamente. Os bandidos fugiram de carro levando uma mochila da Louis Vuitton do artista supostamente cheia de dinheiro.

Até o momento, Dedrick Devonshay Williams, de 22 anos, foi detido por envolvimento em incidente acusado de bloquear passagem do X para que outros 2 homens cometessem crime, os quais estão sendo procurados pela polícia federal americana. Toda essa tragédia teve enorme repercussão na rede, e alguns veículos de mídia estão promovendo mentiras sobre isso em busca de audiência.

Há poucos dias, o blog Hip Hop Overload bancou que amigos do Kodak Black, o qual foi um grande amigo do X em vida, encurralaram Dedrick em chuveiro de prisão e abusaram sexualmente dele como retaliação por assassinato. Em artigo, o único indício de prova para reporte é um suposto print borrado de conversa que estaria ilustrando depoimento de agente penitenciário sobre situação, o qual pode ser facilmente forjado por qualquer um.



Analisando a credibilidade do blog Hip Hop Overload sobre informações, pudemos ver que ele publicou notícia de que Birdman estaria oferecendo contrato de 1 milhão de dólares para Soldier Kidd, que não foi compartilhada por mais nenhum outro veículo de mídia, e evidentemente é fake. Ainda há algumas semanas atrás, o site bancou reporte de que o novo álbum "ye" do Kanye West tinha previsão de vendagem superior ao equivalente a mais 700 mil unidades em semana de estreia, o que foi bem longe da sua realidade com pouco mais de 200 mil no período.

Embora tudo indicasse que esse reporte de suposto abuso sexual era fake, alguns veículos de mídia compartilharam notícia mesmo assim, mencionando o blog Hip Hop Overload como fonte, e aqui no Brasil a informação foi distorcida a tal ponto em que se falou que detentos teriam cometido estupro ao som do hit "Look At Me!" do XXXTentacion, o que definitivamente não é verdade.

Se todas evidências sobre situação trazidas por nós ainda não te convençam, Veda Coleman-Wright, que é um porta-voz do escritório do xerife do Condado de Broward na Flórida, simplesmente contou ao TMZ que a notícia é "infundada", e que o suposto incidente não aconteceu. Para quem acreditou, fica a lição: 2018, era da informação, mas também da desinformação, cuidado com o que você consome, busque sempre se basear em dados sólidos e veículos de mídia super confiáveis.
FAKE NEWS: assassino do XXXTentacion não foi estuprado na cadeia FAKE NEWS: assassino do XXXTentacion não foi estuprado na cadeia Reviewed by John Lucca on julho 02, 2018 Rating: 5
Sabia que estamos no Instagram?

Não perca nenhuma novidade do Rap 24 Horas. Siga-nos clicando no botão abaixo!

* CONTEÚDOS EXCLUSIVOS!

comentários